Teorias e práticas em
contextos interdisciplinares

27, 28 e 29 de Junho de 2017
PUC-Campinas, Campus I

Confira os
trabalhos
Inscreva-se nos mini-cursos e oficinas Confira a
programação

Evento

Criatividade + Inovação

Por quê?

Inovação &
Criatividade

Inovação é um termo comumente utilizado nos dias de hoje por profissionais das mais diferentes áreas, indicando a existência da necessidade de se buscar novas formas de sobrevivência e competição em um mundo globalizado. Entretanto, existe pouca compreensão do que seja a inovação. É este termo diferente de criatividade? É necessária a presença da criatividade para se chegar à inovação? Será que a inovação envolve uma síntese entre criatividade e conhecimento?
Tais questionamentos têm sido temas de interesse de vários pesquisadores, indicando a importância da compreensão destes conceitos e suas possíveis interações. Devido à importância destes temas, a Associação Brasileira de Criatividade e Inovação-CRIABRASILIS, em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de Campinas, pretende ampliar esta discussão com um foco interdisciplinar na realização do II Congresso Internacional de Criatividade e Inovação.

Sobre

Apresentação do evento

Neste evento, pesquisadores nacionais e internacionais estão sendo convidados a apresentar seus trabalhos e debater questões relacionadas as mais diferentes áreas: Inovação e Empreendedorismo, Ciência e Tecnologia, Economia Criativa, Psicologia Positiva, Sustentabilidade, Inovação e impacto social, Cidades Inteligentes, Invenções e Patentes, Projetos sociais inovadores, Sustentabilidade, Educação de talentos, etc. Nesta oportunidade serão debatidos os impactos desses temas nos processos e produtos decorrentes da união entre a criatividade e a inovação.

Existem muitos desafios que demonstram o grande salto que deve ser dado na cultura brasileira para que possamos chegar às inovações, ao invés de sermos reprodutores das mesmas, como têm acontecido em várias áreas.

“Será que estamos preparados para superar as etapas necessárias para conseguirmos atingir este patamar já que a inovação está relacionada ao desenvolvimento do país?”

A resposta para esta pergunta exige um questionamento profundo de nossos valores, atitudes, hábitos e padrões de pensar e agir para que a criatividade e inovação possam realmente ocorrer.

Sobre

Áreas temáticas

  • 1
    Políticas públicas inovadoras
  • 2
    Ética na criatividade e inovação
  • 3
    Inovação e impacto social
  • 4
    Educação e criatividade
  • 5
    Ciência e tecnologia
  • 6
    Inovação e sustentabilidade
  • 7
    Inovação e Empreendedorismo
  • 8
    Projetos sociais inovadores
  • 9
    Invenções e Patentes
  • 10
    Educação de Talentos
  • 11
    Economia criativa
  • 12
    Criação e invenção
  • 13
    Patrimônio cultural
  • 14
    Cidades inteligentes
  • 15
    Complexidade e metadesign
  • 16
    O papel da criatividade na saúde
  • 17
    Ambientes inteligentes
  • 18
    Inovação e processos organizacionais
  • 19
    Criatividade e inovação na mídia brasileira
  • 20
    Psicologia positiva e bem-estar subjetivo
  • 21
    Eco-inovação e desenvolvimento sustentável
  • 22
    Artes e Literatura
  • Palestrantes

    Conheça os palestrantes

    Dr. Jacques Gregoire
    University of Louvain (Belgica)
    Saiba mais

    Overcoming obstacles to creativity in Sciences

    Dr. Steven Pfeiffer
    Florida State University (USA)
    Saiba mais

    Incentivating talents: strengths of the head and the heart

    Dra. Manuela Romo
    Universidad Autonoma de Madrid
    Saiba mais

    Tiene gênero La creatividad? Obstaculos a La excelência en mujeres

    Dra. Sheyla Blumen
    Pontificia Universidad Católica de Peru
    Saiba mais

    Los jóvenes con altas capacidades en América Latina: Enfrentando los desafíos del Siglo XXI

    Dr. Fernando Cardoso de Sousa
    Universidade do Algarve (Portugal)
    Saiba mais

    Os seis fatores da Inovação

    Dra. Maureen O’Hara
    National University, La Jolla, CA (USA)
    Saiba mais

    Rising to the occasion: New persons for new times

    Dra. Solange Muglia Wechsler
    Pontifícia Universidade Católica - Campinas
    Saiba mais

    Inovação: Visualizando o Futuro

    Dra. Tatiana de Cassia Nakano
    Pontifícia Universidade Católica - Campinas
    Saiba mais

    Criatividade como competência para o século 21

    Dr. Claudio Simon Hutz
    Universidade Federal do Rio Grande do Sul
    Saiba mais

    Esperança e Criatividade: questões teóricas e aplicações à prática profissional

    Dr. Jorge Luis Nicolas Audy
    Pontifícia Universidade Católica - RS
    Saiba mais

    Dos parques científicos e tecnológicos aos Ecossistemas de Inovação: Desenvolvimento Social e Econômico na sociedade do conhecimento

    Dra. Anapatricia Morales Vilha
    Universidade Federal do ABC
    Saiba mais

    Empreendedorismo e Inovação tecnológica no incentivo competividade

    Dr. Daniel Domingues dos Santos
    Universidade de São Paulo
    Saiba mais

    Competências socioemocionais e educação

    Dr. Ricardo Primi
    Universidade São Francisco
    Saiba mais

    Competências socioemocionais: inovação no contexto educacional

    Juliano Maurício de Carvalho
    Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
    Saiba mais

    Mídias, Tecnologia e Criatividade

    Sérgio Robles Reis de Queiroz
    Universidade Estadual de Campinas
    Saiba mais

    Desafios no sistema de inovação no Brasil

    Milton Mori
    Universidade Estadual de Campinas
    Saiba mais

    Inovação e Empreendedorismo: A Experiência da Unicamp

    Paulo Pinto da Costa da Luz
    PETROBRAS
    Saiba mais

    Aplicação da Inovação em Gestão na Petrobras

    Rafael Trevisan
    Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro
    Saiba mais

    O impacto da Indústria 4.0 na Cultura da Inovação das empresa

    Fábio Henrique Trovon de Carvalho
    Faber-Castell
    Saiba mais

    Criatividade no epicentro da Educação para o sec. XXI, uma abordagem sobre Aprendizagem Criativa

    Clara Kluk
    Piensa Consultoria
    Saiba mais

    La estrategia para desarrollar innovación en la Empresa

    Cronograma

    Fique por dentro do evento

    CREDENCIAMENTO
    Dia 26/06 das 14H00 às 17H00 e dia 27/06 a partir das 7H00
    • Dia 27
    • Dia 28
    • Dia 29
    jun 27
    Mini-cursos e oficinas
    9h00 - 12h00
    Almoço
    12h00 - 13h50
    Mini-cursos e oficinas
    14h00 - 17h00
    Abertura oficial
    18h00
    Conferência de abertura
    18h30 - 19h30
    Apresentação cultural
    19h45 - 20h30
    jun 28
    Conferência
    9h00 - 10h00
    Intervalo + Pôsteres
    10h00 - 10h30
    Conferência/Palestras/Mesas
    10h30 - 12h00
    Almoço
    12h00 - 13h15
    Apresentação cultural
    13h15 - 14h00
    Palestras
    14h00 - 15h30
    Intervalo + Pôsteres
    15h30 - 16h00
    Conferência/Palestras/Mesas
    16h00 - 18h00
    Conferência
    18h00 - 19h00
    ATIVIDADE CULTURAL / EXPOSIÇÃO DE ARTE
    19h35
    jun 29
    Conferência
    9h00 - 10h00
    Intervalo + Pôsteres
    10h00 - 10h30
    Conferência/Palestras/Mesas
    10h30 - 12h00
    Almoço
    12h00 - 13h15
    Apresentação cultural
    13h15 - 14h00
    Palestras
    14h00 - 15h30
    ASSEMBLEIA CRIABRASILIS
    13H30 - 14H30
    Intervalo + Pôsteres
    15h30 - 16h00
    Conferência/Palestras/Mesas
    16h00 - 18h00
    Conferência conjunta
    18h00 - 19h00
    Sessão de encerramento
    19h00 - 19h30
    Jantar de confraternização
    20h00

    Submissão

    Saiba como funciona

    Normas Gerais

    PRAZO MÁXIMO PARA ENVIO DE TRABALHOS: 16 DE ABRIL/2017

  • • As modalidades de trabalhos aceitas serão pôster, mesa redonda, apresentação oral e mini-curso/oficina.
  • • Serão aceitos, no máximo, dois trabalhos por autor principal.
  • • Para a submissão dos trabalhos é necessário dar inicio à submissão no site do evento.
  • • Para submissão de trabalho não é necessário o pagamento da inscrição. Entretanto, caso o trabalho seja aceito, o participante deverá efetuar o pagamento até 30 dias antes do inicio do evento, para que seu trabalho seja inserido nos Anais do Congresso.
  • • Caso a inscrição de, ao menos um dos autores, não seja paga, o trabalho não poderá ser apresentado e não será publicado nos Anais do Congresso.

  • Informações gerais
  • • O título deverá ter no máximo 15 palavras.
  • • Os nomes dos autores e suas filiações institucionais deverão estar completos, sem abreviaturas.
  • • Os trabalhos deverão ser enviados somente por via eletrônica, na página de inscrições deste site.
  • • Os resumos devem ser elaborados contendo entre 200 e 300 palavras.
  • • Por ocasião da apresentação no evento, na modalidade comunicação oral e mesa redonda, as apresentações devem ser editadas por meio do software PowerPoint® ou compatível. Recomenda-se que o autor teste a apresentação e tenha acesso ao arquivo gravado em pelo menos duas mídias diferentes (pen drive e internet).
  • • Os trabalhos, independente da modalidade escolhida, deverão enquadrar-se numa das temáticas propostas pela organização.


  • Os resumos dos trabalhos devem ser enviados para avaliação até dia 10 de abril. Na primeira semana de maio os autores receberão informação sobre a avaliação dos seus trabalhos.
    Caso os autores desejem, poderão enviar seus trabalhos completos resultantes de resumos já aprovados para a secretaria do congresso até 5 de junho de 2017. Estes trabalhos serão posteriormente publicados no site da CRIABRASILIS. 
    Veja as normas para envio dos trabalhos completos.
    • Pôster
    • Oficina/Mini-curso
    • Mesa redonda
    • Apresentação oral
    Submissão
  • • No momento da submissão, deve ser indicado o nome de todos os autores, bem como quem será o apresentador do pôster (que deverá ser necessariamente um dos autores), seu e-mail, título do trabalho e resumo.
  • • A inscrição deverá ser paga por um dos autores do pôster, mesmo que não seja o autor principal.
  • • Corpo do resumo: em português de 200 a 300 palavras (deverá conter introdução, objetivo, método, resultados e conclusão).

  • Apresentação
  • • O pôster deverá ser auto-explicativo, obedecendo à dimensão total de 90 cm de largura x 100 cm de altura, tipo Banner (pôster com dimensões fora do padrão definido terá comprometida a sua avaliação, podendo não ser afixado).
  • • Os materiais necessários para a montagem e a fixação dos pôsteres serão de responsabilidade da equipe de organização (espaço, fita adesiva, pregos).
  • O apresentador é responsável pela colocação e retirada do pôster no local da exposição, cujo espaço estará identificado.
  • • Na primeira e segunda linhas devem constar, de forma centralizada no painel, em toda sua extensão, o título do trabalho (informativo e breve, escrito em letras maiúsculas e negrito); o(s) nome(s) do(s) autor(es) e apresentador sublinhado, sua(s) respectiva(s) instituição(ões) e o e-mail do primeiro autor ou de um dos autores, entre parênteses.
  • Estrutura sugerida: Introdução, Objetivos, Metodologias, Resultados, Conclusão e Referências utilizadas.
  • • Os mini-cursos e oficinas serão selecionados de acordo com a sua relevância na área de atuação, bem como tentar-se-á diversificar suas áreas de conhecimento, a fim de garantir a interdisciplinariedade do evento.
  • • As oficinas/mini-cursos poderão ser ministradas por uma ou duas pessoas.
  • • Estas modalidades serão oferecidas, prioritariamente, no primeiro dia do evento, no período da manhã ou tarde.
  • • Os mini-cursos terão a duração de 3 horas e as oficinas a duração de 2 horas.

  • Submissão
  • • O trabalho deve conter um título e um resumo, sendo somente 1 apresentador.
  • • Corpo do resumo: em português, de 200 a 300 palavras (deverá apresentar o conteúdo que será abordado na oficina), bem como apresentar um caráter prático.

  • Apresentação
  • • A infra-estrutura disponível para a apresentação será: um computador, projetor multimídia e tela para projeção; outros equipamentos ou ferramentas deverão ser trazidos pelo apresentador.
  • • Não esqueça de indicar a área temática da apresentação.
  • Submissão
  • • Cada mesa será inscrita sob a responsabilidade de um coordenador, o qual será responsável pela submissão da proposta.
  • • O coordenador deverá submeter o título e resumo geral da mesa, integrando os trabalhos de todos os apresentadores, assim como inserir os resumos de cada participante da mesa.
  • • O coordenador deverá efetuar o pagamento da sua inscrição e avisar a cada participante que deverão fazer o mesmo.
  • • A mesa deve ter no mínimo três e no máximo quatro autores, incluído o coordenador.
  • • Cada participante (incluindo o coordenador) da mesa deve elaborar um título e resumo da sua apresentação (contendo entre 200 e 300 palavras), que deve ser submetido pelo coordenador através do site do congresso.
  •  
    Apresentação
  • • Os membros da mesa devem levar o arquivo da apresentação gravado em pen drive, preferencialmente em formato Power Point ou compatíveis.
  • • O tempo total para apresentação e discussão com o público será de 1:30 minutos.
  • • Recomenda-se que cada membro da mesa faça uma apresentação de 15 minutos (mesas com 4 membros) ou 20 minutos (mesa com 3 membros).
  • • O tempo para as perguntas, ao final de todas as apresentações, deve ser de 30 minutos.
  • Submissão
  • • O trabalho deve ser submetido, contendo um título e um resumo, e sendo somente 1 apresentador (mas não há limite para o número de co-autores). A inscrição deverá ser paga por um dos autores do trabalho.
  • • O trabalho pode ser aprovado, mas indicado para apresentação na modalidade pôster.
  •  
    Apresentação
  • • As sessões serão organizadas em função dos conteúdos dos temas e haverá um coordenador designado pela Comissão Científica do Congresso.
  • • Cada sessão de apresentação oral terá o tempo estipulado em duas horas e contará com 6 participantes.
  • • O tempo máximo de apresentação para cada participante será de 15 minutos, sendo 10 minutos de apresentação e 5 minutos de perguntas.
  • • A infra-estrutura disponível para a apresentação será: um computador, projetor multimídia e tela para projeção; outros equipamentos ou ferramentas deverão ser trazidos pelo apresentador.
  • • Não esqueça de indicar a área temática da apresentação.
  • "Todos nós possuímos potencial criativo, basta apenas desenvolvê-lo."
    - Paul Torrance

    Comissões

    Por trás do evento

    • Comissão organizadora
    • Presidente do Congresso
    • Secretaria do Congresso
    • Comissão científica
    Presidente da comissão organizadora
    Wagner de Lara Machado (PUC-Campinas/Criabrasilis)
    Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil (2013). Professor Titular do Curso de Pós-Graduação em Psicologia PUC-Campinas, Brasil.
    Lattes

    Presidente da comissão de divulgação
    Vera Engler Cury (pró-reitora de extensão da PUC-Campinas)
    Doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil (1993). Professora titular do curso de pós-graduação em Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Brasil.
    Lattes

    Aline da Silva Boschi Martins Neves
    Lattes

    Francis Pedroso
    Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (2007). Diretora Da Faculdade de Turismo da PUC-Campinas.
    Lattes

    Gisele Maria da Silva
    Lattes

    Karina da Silva Oliveira
    Lattes

    Luísa Bastos Gomes
    Lattes

    Maria Aparecida Aguiar Bonadia
    Lattes

    Marcelo Adhemar Pérez López
    Lattes

    Maura Padula de Sousa Amaral
    Mestrado em Comunicação pela Universidade de Piracicaba. Diretora da Faculdade de Relações Publicas da PUC-Campinas.
    Lattes

    Priscila Zaia
    Lattes

    Rita Pimenta De Devotto
    Lattes

    Silvana Maria Nader
    Possui graduação em Comunicação Social Hab. Relações Públicas pela Universidade de São Paulo (1989). Professora da Faculdade Integrada Metropolitana de Campinas.
    Lattes

    Tatiana Lia Rocha Puntel Carrasco
    Graduação em Direito na Universidade São Francisco (1997). Professora da Faculdade de Turismo da PUC-Campinas.
    Lattes

    Victor Kraide Corte Real
    Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, Brasil (2015). Diretor de Planejamento da Royale - Agência de Comunicação Integrada, Brasil. Professor do curso de Publicidade e Propaganda da PUC-Campinas.
    Lattes

    Zuleica Maria Queiroz Guimarães Manente
    Graduação em Comunicação Social Especialização em Comunicação Social Mestrado em Urbanismo, Professora do curso de Relações Públicas da - Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
    Lattes
    Presidente do Congresso
    Solange Muglia Wechsler (PUC-Campinas/Criabrasilis)
    Doutorado em Psicologia pela University of Georgia, Estados Unidos (1981). Fundadora da CRIABRASLIS. Professora titular do Curso de Pós-Graduação em Psicologia da PUC-Campinas, Brasil.
    Lattes
    Carolina Rosa Campos
    Mestrado em Psicologia pela Pontificia Universidade Catolica de Campinas (2012).
    Lattes

    Chaielen Marchiolli Barboza Martinez
    Graduação em Psicologia pela Universidade Paulista (2014) e em Pedagogia pela UNIESP (2008).
    Lattes

    Gabriela Fabbro Spadari
    Mestrado em Psicologia pela Pontificia Universidade Catolica de Campinas (2016)
    Lattes

    Queila Guise Milian Teller Gibim
    Mestrado em Psicologia pela Pontificia Universidade Catolica de Campinas (2014)
    Lattes

    Presidente da comissão cientifica
    Tatiana de Cassia Nakano (PUC-Campinas/Criabrasilis)
    Doutorado em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2006). Professora Titular do curso de pós-graduação em Psicologia da PUC-Campinas. Presidente atual da Criabrasilis.
    Lattes

    Maria Silvia Pinto de Moura Librandi da Rocha
    Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora do programa de pós-doutorado em Educação da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
    Lattes

    Albertina Mitjans Martinez
    Doutorado em Ciências Psicológicas - Universidade da Havana (1993) e pós-doutorado na Universidade Autônoma de Madri (2007). Atualmente é pesquisadora do programa de pós graduação em Educação da Universidade de Brasília.
    Lattes

    Angela Mágda Rodrigues Virgolim
    Doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasilia. PhD em Psicologia Educacional pela University of Connecticut (2005). Professora adjunta do departamento de Processos Básicos do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.
    Lattes

    Berenice Victor Carneiro
    Doutorado em Psicologia pela PUC-Campinas (2008). Professora do curso de graduação em Psicologia, Pedagogia e Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
    Lattes

    Carlos Alberto Zanotti
    Doutorado em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (2002) Professor da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas.
    Lattes

    César Antonio Pereira
    Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2015). Professor da Faculdade de Biblioteconomia da PUC-Campinas.
    Lattes

    Cristina Maria Carvalho Delou
    Doutorado em Educação pela PUC-SP (2001). Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, Brasil.
    Lattes

    Denise Bragotto
    Doutorado em Psicologia pela PUC-Campinas (2006). Professor do Curso de Psicologia da Universidade Estadual de Londrina, Brasil.
    Lattes

    Denise de Souza Fleith
    Doutorado em Psicologia Educacional pela University of Connecticut (1999). Professora associada do Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília.
    Lattes

    Eunice Maria Lima Soriano de Alencar
    Doutorado em Psicologia - Purdue University (1974). É professora emérita da Universidade de Brasília.
    Lattes

    José Humberto Silva Filho
    Doutorado em Psicologia pela Universidade de São Paulo (2007). Professor do curso de pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Amazonas.
    Lattes

    Jose Roberto Merlin
    Doutor em Estruturas Ambientais Urbanas pela USP de São Paulo (2004). É Professor do Programa de Pós-Graduaçao em Urbanismo (POSURB) e do Mestrado em SUSTENTABILIDADE, da PUC Campinas.
    Lattes

    Luciana Gurgel Guida Siqueira
    Doutorado em Psicologia pela PUC-Campinas (2005). Professora do curso de graduação em Psicologia na Pontificia Universidade Catolica de Campinas.
    Lattes

    Luiza Ishikawa Ferreira
    Doutorado em Oceanografia (Oceanografia Biológica) pela Universidade de São Paulo (1994). Atualmente é professor titular da faculdade de Ciências Biológicas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
    Lattes

    Marcos Rizolli
    Doutorado em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (1999).Coordenador do programa de pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
    Lattes

    Regina Lara Silveira Mello
    Artista plástica com doutorado em Psicologia pela PUC-Campinas (2008). Docente do programa de pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura na Universidade Presbiteriana Mackenzie.
    Lattes

    Ricardo Luís de Freitas 
    Doutorado em Engenharia Elétrica-Sistemas Eletrônicos pela Politécnica da Universidade de São Paulo (1996). Diretor do Centro de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia (CEATEC) da PUC-Campinas.
    Lattes

    Rogerio Eduardo Rodrigues Bazi
    Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2004). Diretor do Centro de Linguagem e Comunicação (CLC) na PUC-Campinas.
    Lattes

    Samuel Carvalho De Benedicto
    Doutor em Administração pelo PPGA/UFLA. Professor e Pesquisador do Centro de Economia e Administração (CEA). Coordenador do Programa de Mestrado em Sustentabilidade. Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC-Campinas
    Lattes

    Sérgio Fernando Zavarize
    Graduado em Fisioterapia e com doutorado em Psicologia pela PUC- Campinas ( 2011). Professor da Faculdade Mogiana do Estado de São Paulo.
    Lattes

    Vania Aparecida Merhi
    Doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Docente Pesquisador da Faculdade de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
    Lattes

    Vera Lucia Trevisan de Souza
    Doutorado em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998). Coordenadora do programa de pós-graduação em Psicologia na PUC-Campinas.
    Lattes

    Zula Garcia Giglio
    Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Pesquisadora do Centro de Memória da UNICAMP.
    Lattes

    Inscrições

    Tabela de valores

    Profissional

    Valores até 22 de junho:
    PUC-Campinas: R$300
    Regular: R$400

    Após e no local:
    PUC-Campinas: R$400
    Regular: R$500

    Grupos (5 participantes)*:
    PUC-Campinas: 40% de desconto
    Regular: 30% de desconto

    Estudante

    Valores até 22 de junho:
    PUC-Campinas: R$200
    Regular: R$250

    Após e no local:
    PUC-Campinas: R$300
    Regular: R$300

    Grupos (5 participantes)*:
    PUC-Campinas: 40% de desconto
    Regular: 30% de desconto

    Pós-Graduação

    Valores até 22 de junho:
    PUC-Campinas: R$250
    Regular: R$350

    Após e no local:
    PUC-Campinas: R$300
    Regular: R$400

    Grupos (5 participantes)*:
    PUC-Campinas: 40% de desconto
    Regular: 30% de desconto

    Recém formados (até 2 anos)

    Valores até 22 de junho:
    PUC-Campinas: R$250
    Regular: R$350

    Após e no local:
    PUC-Campinas: R$300
    Regular: R$400

    Grupos (5 participantes)*:
    PUC-Campinas: 40% de desconto
    Regular: 30% de desconto



    *Os valores de descontos para grupos deverão ser feitos em pagamento único (valor total), por depósito, transferência ou boleto.

    Cada inscrição dará direito a 2 atividades grátis, entre cursos e mini-cursos, em pré-evento no dia 27.

    Parceiros

    Instituições promotoras

    Entidade científica e cultural, sem fins lucrativos, que visa agregar profissionais, estudiosos e interessados em criatividade e inovação visando alcançar o desenvolvimento da sociedade brasileira.

    A CRIABRASILIS foi fundada em abril de 2004 com os seguintes objetivos:
    a) divulgar a produção brasileira sobre criatividade e inovação;
    b) propiciar o intercâmbio de indivíduos e organizações;
    c) contribuir para uma reflexão criativa e atuação inovadora;
    d) propiciar a interface dos diferentes campos de expressão criativa e da inovação;
    e) incentivar as produções científicas, artísticas, culturais e educacionais do país.





    “Produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento, contribuindo com a construção de uma sociedade justa e solidária, por meio de suas atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, visando à capacitação profissional de excelência e à formação integral da pessoa humana".

    Centro de referência no estado de São Paulo devido ao seu modelo de excelência educacional, cultural e social.
    A PUC-Campinas conta, hoje, com diversos cursos nas áreas de Exatas, Humanas e Saúde, nos níveis de graduação, extensão, pós-graduação e residência multiprofissional.
    Especificamente relacionado ao tema proposto para o congresso, a sua produtividade na área de publicações sobre criatividade nos cursos de mestrado e doutorado em Psicologia.

    Os inscritos no congresso recebem um ano de gratuidade como sócios na Criabrasilis Associe-se

    Apoio









    Turismo/Hospedagem


    Confira as dicas sobre turismo em Campinas clicando aqui.



    Entre em contato: (19) 3231-0888
    tatiana@rochatur.com.br | taiene@rochatur.com.br

    Entre em contato: (19) 99741-4523
 | (19) 99181-3699

    armando@realholambra.com.br
 | marcelo@realholambra.com.br
        

    Contato

    Fale com a gente

    Telefone

    (19) 3343-6891

    Local

    PUC-Campinas, Campus I
    Auditório Dom Gilberto
    Rod. D. Pedro I, km 136
    Pq. das Universidades
    Campinas – SP

    E-mail

    congressocriatividade@criabrasilis.org.br